sábado, 10 de janeiro de 2009

O tema do trema

O Prof. Josemar Xavier Dorilêo escreve a respeito do trema após a Reforma Ortográfica de 1971:

“A reforma ortográfica de 1971 retirou da gramática brasileira os tremas utilizados em hiatos átonos. Segundo o professor de português Cláudio Moreno, esse trema era raro e poucos brasileiros conheciam. Era facultativo e servia para diferenciar um tipo de hiato que se confundia com um ditongo. Por exemplo, gaüchismo, deveria ser lido da seguinte forma: ga-ü-chis-mo e não gau-chis-mo. Païsinho, de país, seria lido como pa-ï-si-nho e não pai-si-nho. Quando o Acordo Ortográfico entrar em vigor, o trema será totalmente abolido do português.”
Para ver o texto completo a respeito da nova reforma da ortografia em:

Nenhum comentário: