domingo, 14 de setembro de 2008

Igreja velha de São Miguel Paulista, São Paulo

No tempo em que colonização e evangelização andavam juntas, civilizar e converter o gentio também foram missões dos colonizadores portugueses, seja na América, África ou Ásia. Um exemplo disso é a capela de São Miguel, construída pelos índios, sob orientação do bandeirante Fernão Munhoz e do jesuíta João Álvares, na então aldeia de Ururaí, em 1622, na atual zona leste da cidade de São Paulo, sendo a mais antiga construção religiosa ainda existente no município. Fica numa região próxima ao rio Tietê, tão usado nas viagens dos bandeirantes para o interior do Brasil, expandindo as fronteiras para além do Tratado de Tordesilhas.

Imagine-se o diálogo entre eles, talvez na chamada “língua geral”, onde se misturavam palavras tupis e portuguesas...

* * *
Fontes pesquisadas na internet:
http://pt.wikipedia.org/wiki/Igreja_de_S%C3%A3o_Miguel_(S%C3%A3o_Miguel_Paulista)
http://www.catedralsaomiguel.org.br/capela.php
http://www.institutovotorantim.org.br/Noticias/ListaNoticias/Paginas/080618_RestauracaoCapelaSMiguel.aspx
http://www.panoramio.com/photos/original/652666.jpg

Um comentário:

Vitor Santos disse...
Este comentário foi removido pelo autor.