segunda-feira, 26 de maio de 2008

O novo acordo ortográfico

Já faz alguns anos que ouço falar em "Acordo Ortográfico". Dizem que é para uniformizar a grafia do português no mundo, já que temos duas: a brasileira e a luso-africana.
Essa reforma, entretanto, contém algumas aberrações.
O caso mais típico é o pobre coitado do trema (¨). Pode até parecer um tanto inútil, porém tem uma importância ímpar, já que ele é quem dá forma à pronúncia de algumas palavras, como cinqüenta, lingüiça, agüentar, bangüê, etc..
Agora imagine essas palavras sem o trema, já muda a pronúncia.
Eu sou contrário ao fim do trema.
Outra mudança será o fim do acento agudo em palavras como vôo, enjôo, dêem, crêem, que se tornarão voo, enjoo, deem, creem...
Bom, ainda tem a retirada do hífen em umas palavras, e a colocação do mesmo em outras.
Anti-semita será antissemita, reeleição transformar-se-á em re-eleição.
Ah sim, terá a volta das letras k, w e y, arbitrariamente retiradas do alfabeto na reforma de 1943. Quanto a elas só tenho dúvida numa coisa: com essas letras retornando, voltaremos a escrever Paraguay, Goyás, Niteroy, Aracaty, Syria, kilômetro (ou kilómetro em Portugal), kilograma e wisigodo?
'Tá muito solto isso, falta clareza.
Diz o Prof. Pasquale: “Claro que é uma reforma política. O Brasil quer dizer que é o dono da língua”.
É muito séria essa acusação dele. Nesse sentido, faltou humildade ao Brasil e firmeza a Portugal.

Por falar em humildade, humidade em Portugal será como no Brasil: umidade; herva será erva, e por aí vai...
Todas as reformas, desde a unilateral de 1911, com os portugueses sem os brasileiros, até as outras, só serviram para mostrar uma coisa: que desde então ambos os países querem monopolizar o idioma, Portugal porque é a pátria-mãe, e o Brasil porque é o que tem mais falantes no mundo.
Se for pelo bem da Língua Portuguesa, toda reforma é válida, o que não pode é um país querer impor aquilo que lhe agradar, para contrariar os outros.

Um comentário:

Anônimo disse...

Olá,
mesmo sendo de grande importância preservar valores históricos e culturais que unem Brasil e Portugal, até porque devemos a essa integração toda nossa tradição religiosa e familiar, o blog é restrito a assuntos e acontecimentos referente a Igreja católica Apostólica Romana.

Parabéns pelo blog e um abraço fraterno em Cristo!

Obs: O Cruzado Missionário foi inserido no Blogs Católicos.


guiablogscatolicos.blogspot.com